E agora? Como lidar com a ansiedade?

Estamos vivendo em uma era onde a informação é primordial. Nossos pais e avós não tinham o acesso facilitado que nós temos, não tinham celulares onde notícias do mundo inteiro estavam disponíveis a todo tempo. Não existia um #tbt para recordar fotos e momentos, tudo era vivido com mais intensidade e somente os eventos realmente importantes eram registrados.

Com isso as chances eram baixas para se desenvolver a ansiedade. Não sofriam por antecipação, a vida era vivida um dia após o outro, o passado era tratado com uma lição aprendida e o futuro a Deus pertencia.

Hoje temos a pressa de tentar entender tudo que está a nossa volta, não damos conta de deixar o passado no lugar que ele merece ficar e queremos que o futuro chegue logo, esquecendo de viver o presente, que nos é dado todos os dias pela manhã.

Em momentos de crise (a atual é a COVID-19), nos preocupamos tanto em achar culpados, ou pensar nas tragédias que o vírus pode causar, que esquecemos que tanto a proliferação quanto a cura, depende de nós.

Eu tenho a sorte de ter uma profissão e trabalhar em uma empresa que me permitem fazer o home office. Mas como lidar com esse aperto no peito, sabendo que milhares de pessoas estão à mercê do risco da contaminação? Confesso que esses dias foram bem pesados, trazendo angústia e medo pelas outras pessoas.

Entendo a ansiedade e o medo como palavras sinônimas. Porém o medo é passageiro, é pontual, tem começo meio e fim. A ansiedade não, ela vem sem avisar e não tem um momento certo de ir embora.

Nas mulheres isso acontece com mais frequência por fatores hormonais. Por isso devemos nos cuidar mais ainda.

Mas o que fazer em dias de quarentena, quando a crise de ansiedade resolver nos visitar?

Adaptei o 5W2H para me ajudar:

1 – What (o que) – Aconteceu?

2 – Who (quem) – Esta sendo prejudicado?

3 – When (quando) – Esse sentimento começou?

4 – Where (onde) – eu estou ou estava?

5 – Why (por que) – Estou sentindo isso?

1 – How (como) – Irei resolver?

2 – How Much (quanto) – Isso me desgastou?

Quando conseguimos responder todas essas perguntas, entendemos que estamos bem e que a ansiedade só terá intensidade se nós permitirmos.

Meditação é um santo remédio para a ansiedade, acalme-se e tenha fé independente da sua crença, nenhuma crise é pra sempre.

Procure se informar, mas tenha fontes seguras. Não fique o dia todo procurando tragédias. Foque no que faz bem. Faça atividades físicas, dedique-se ao seu hobby, converse com seus amigos e tome muita água, ela é nosso regulador natural.

Cuide de sua saúde emocional, só assim conseguirá ter uma vida mais tranquila e conseguirá enxergar não só o caos, mas soluções adequadas para se manter de pé.

Livros recomendados:

2 thoughts on “E agora? Como lidar com a ansiedade?”

  1. Fernanda disse:

    Ainda p/ nós mulheres que temos filhos, a angustia é um pouco maior, pois pensamos tanto nesses serzinhos indefesos, eu mesmo não me considerando uma pessoa tão ansiosa, estou sofrendo nesses dias…obrigada por compartilhar!

  2. Bruno Cardoso disse:

    Ótimo artigo Luana. Tenho ouvido falar muito da Meditação como forma de ajudar neste momento onde a tendência é gerar ansiedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Post